Vida em Portugal

Primeiros messes em portugal

foto do convento em Mafra, Portugal

Logo que chegamos ficamos deslumbrados com a possibilidade de um recomeço; com as maravilhas que Portugal oferece.

Tantos turistas; tantas pessoas de um lado pro outro caras estranhas jeito de falar e línguas diversificadas. Pensamos logo; “há realmente uma grande oportunidade para mim aqui”.

Como sou novo me sinto um turista e “sim pela lei sou”; vou tentar me comunicar “ai; ai “não entendo nem metade do que eles falam; e provavelmente eles também não me entendem pois me olham com o olhar de “Em?
Nos primeiros dias me sinto um homem das cavernas aprendendo a falar; não posso falar varias palavras que tem outros significado,
vai para “bicha”; é vai para “fila”; meu “açougue” agora é “talho”; “banheiro” é “casa de banho”; muitas são as diferenças troco as palavras até hoje; tento não errar pois a correção vem na hora.

No começo é engraçado mas depois parece que você e um burro e que não sabe falar.

Como é bem verdade no começo é só flores; sinto frio mas me aqueço com os pensamentos a mil por hora. Há o clima muito diferente; quando eu cheguei era Março começo da primavera; estavam 16 graus.

Senti muita diferença não só pelo o frio intenso que senti, mas até o cheiro do ar para mim era diferente. Muitas emoções se instalaram em mim; alegria , euforia, entusiasmo, curiosidade, medo.

Mas em tudo que decidimos fazer temos que seguir em frente, encarar o medo, nossos primeiros pensamentos são sempre positivos. Tudo vai melhorar vai ser fácil; nos primeiros messes somos tomados pela Esperança de uma vida Melhor.

 

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *