DecorArt

Artesanato

O que é Artesanato?

No Dicionário, Artesanato é o próprio trabalho manual, utilizando-se de matéria-prima natural, ou produção de um artesão (de artesão + ato). Mas com a mecanização da indústria o artesão é identificado como aquele que produz objetos pertencentes a chamada Cultura Popular.

O Artesanato pode se dar de Varias Formas pode ser erudito, popular e folclórico, podendo ser manifestado com, as cerâmicas utilitária, funilaria popular, trabalhos em couro e chifre, trançados e tecidos de fibras vegetais e animais (desenho), fabrico de farinha de mandioca, monjolo de pé de água, engenhocas, instrumentos de música, tintura popular. E também encontram-se nas pinturas e desenhos (primitivos), esculturas, trabalhos em madeiras, pedra guaraná, cera, miolo de pão, massa de açúcar, bijuteria, renda, filé, crochê, ponto cruz, costura, papel recortado para enfeite etc.

O Artesanato é tradicionalmente a produção na qual o produtor possui os meios de produção e trabalha com a família em sua própria casa, realizando todas as etapas da produção, desde o preparo da matéria-prima, até o acabamento; ou seja, não havendo divisão do trabalho ou especialização para a confecção de algum produto.

A história do Artesanato tem início no mundo com a própria história do homem, pois a necessidade de se produzir bens de utilidades e uso rotineiro, e até mesmo adornos, expressou a capacidade criativa e produtiva como forma de trabalho.

Com a Revolução Industrial, que iniciou na Inglaterra, o Artesanato foi fortemente desvalorizado. Além disso, os artesãos eram submetidos à péssimas condições de trabalho e baixa remuneração. Este processo de divisão de trabalho recebeu o nome de linha de montagem. Os teóricos do século XIX, como Karl Marx e John Ruskin, e artistas (Romantismo) criticavam essa desvalorização.
Na Revolução Industrial, William Morris funda o grupo de Artes e Ofícios na segunda metade do século XIX, tentando valorizar o trabalho artesanal e se opondo à mecanização.

Artesanato indígena:

Podemos pensar nos índios como os nossos mais antigos artesãos, já que, quando os portugueses descobriram o Brasil, encontraram aqui a arte da pintura utilizando pigmentos naturais, a cestaria e a cerâmica - sem falar na arte plumária, isto é, cocares, tangas e outras peças de vestuário ou ornamentos feitos com plumas de aves. O artesanato brasileiro é um dos mais ricos do mundo e garante o sustento de muitas famílias e comunidades. O Artesanato faz parte do folclore e revela usos, costumes, tradições e características de cada região.

images (11)
images (10)

Artesanatos Brasileiros

O Artesanato brasileiro é um dos mais ricos do mundo.
Tipos de Artesanatos Brasileiros
Cerâmica e bonecos de barro,é a arte popular e de artesanato mais desenvolvidas . Nas feiras e mercados do Nordeste, reconstituindo figuras típicas da região, como os cangaceiros, retirantes, vendedores, músicos e rendeiras.

Arte em madeira

Entalhe de madeira, é uma manifestação cultural, utensílios, embarcações, instrumentos musicais, máscaras e bonecos. Os artesanatos em madeira produzem objetos diversificados com motivos da natureza, do universo humano e a fantasia. Exemplos disso são as carrancas, ou cabeças-de-proa, os utensílios como cocho, pilão, gamelas e móveis simples e rústicos, os engenhos, moendas, tonéis, carroças e o maior produto artesanal em madeira - contando com poucas partes de metal - são os carros de bois.
Cestas feitas com Vime.

Da mesma forma a Arte de trançar fibras, deixada pelos índios, inclui esteiras, redes, balaios, chapéus, peneiras e outros. Quanto à decoração, os objetos de trançados possuem uma imensa variedade, explorada através de formas geométricas, espessuras diferentes, corantes e outros materiais.

unnamed
fit

Artesanato Português

O Artesanato Português tem uma Forte ligação com a cultura popular, e muito característico a zonas rurais, onde as tradições permanece vivas.
Cada região tem seu artesanato tradicional e peculiar de acordo com seu modo de viver das pessoas locais.

O Artesanato é uma riqueza da tradição Portuguesa, destacando-se a tapeçaria, rendas, bordados e tecelagem, cestaria e cerâmica.
No Artesanato português do Norte, faz parte o afamado Galo de Barcelos, pintado a cerâmica em cores vivas, Os Barcos criados em Búzios em povoa de Varzim, as camisolas a polveiro, da vila do conde, bordados, a louça de Bisalhães em Barro Preto.
Mais a sul no Alentejo, artesanato em cortiça e mobiliário pintado com temas florais Por exemplo.

Artesanato Riqueza e Tradição

No entanto uma técnica muito antiga Filigrana é um trabalho ornamental feito de fios muito finos e pequeninas bolas de metal, soldadas de forma a compor um desenho. O metal é geralmente ouro ou prata, mas o bronze e outros metais também são usados. A filigrana foi utilizada na joalharia desde a Antiguidade greco-romana, sendo ainda empregada em grande variedade de objetos decorativos.
Actualmente, as peças de filigrana podem ser encontradas com enorme visibilidade na Região Norte de Portugal, usadas frequentemente no conjunto do vestido de noiva tradicional e, ainda, no traje feminino dos ranchos folclóricos do Minho.
O lenço dos namorados é um lenço fabricado a partir de um pano de linho fino ou de lenço de algodão, bordado com motivos variados. É uma peça de artesanato e vestuário típico do Minho, sendo usado por mulheres com idade de casar.

Era hábito a rapariga apaixonada bordar o seu lenço e entregá-lo ao seu amado quando este se fosse ausentar. Nos lenços poderiam ter bordados versos, para além de vários desenhos, alguns padronizados, tendo simbologias próprias.
As Rendas e os bordados são artes muito araigadas na tradição Portuguesa.

deb2402a8f649b0312703e2f696ffcd9
5243966069_f607bbb316_o-1-e1524668591451

Artesanato e o Passar dos Anos

A mais variações de Tipos de Artesanato se da com o passar dos anos como uma mistura de materiais assim como os formatos e manuseio de produção dos mesmos.

Artesanato e o Passar dos anos, tem se transformado, em todo o mundo, pois independente da sua nacionalidade, esta transformação se da a necessidade de adaptação dos novos tempos.

Esta atual forma de expressão faz uso de diversos tipos de matéria prima, sendo a própria natureza uma grande provedora de elementos, levando o artesão a se conectar, conhecer e respeitar o seu entorno; fonte de sua matéria prima.

Artesanato sustentável

O Artesanato sustentável é uma modalidade que une o artesanato com a sustentabilidade ambiental. Trata-se da utilização da reciclagem na produção de objetos artesanais.

Atualmente, encontram-se vários artesãos que usam como matéria-prima objetos que para muitos não passam de lixo. Obras com reconhecimento mundial são feitas a partir de materiais recicláveis.

Mas o que de fato é artesanato sustentável?

A pesquisadora Clarire Santanna Freeman possui uma relevante consideração sobre esta modalidade de artesanato. Para ela:

“A dimensão da renovação sustentável da extração de matéria-prima e do uso consciente de energia limpa, na confecção das obras artesanais, é incorporada como ação de preservação ambiental do ecossistema local na medida em que agrega o valor da natureza aos produtos artesanais dessa cadeia e insere o senso de racionalização qualitativa e quantitativa nas extrações e nos cultivos.”

Uma nova forma de ver o artesanato

Mas é preciso ter em mente que nenhum objeto se perde, qualquer lixo encontrado na rua pode se tornar uma obra prima de grande valor, apenas é preciso unir a conscientização e a criatividade para diminuir o impacto ambiental e favorecer a cultura.

Em conclusão a cultura de uma cidade é importante porque permite que valores não sejam perdidos, cada lugar tem suas tradições, origens, movimentos religiosos entre outras práticas, e unir o artesanato à cultura possibilita a representação das práticas culturais e renova a história dos povos.

Artesanato é a arte de criar.

DecorArt

Algunhas fontes:

Wikipédia, a enciclopédia livre.

DecorArt

Clarire Santanna Freeman

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *